quinta-feira, janeiro 07, 2016

escadas


gostaria de estar a subir umas escadas diferentes nesta altura da minha vida. talvez umas que, durante o processo, me proporcionassem muito mais satisfação e prazer, ou umas em que eu ansiasse avidamente por chegar ao topo. a realidade é que as escadas são as que tenho à minha frente. tenho-as subido com receio, tropeçando aqui e ali, com alguma insegurança e, acima de tudo, medo de falhar e de desapontar aqueles que me estão a ver, alguns mesmo até a apoiar. mas, porventura, sentir-me-ia muito mais confiante e seguro ao iniciar o mesmo processo noutras escadas. umas que eu quisesse efectivamente subir e em que não tremesse à primeira contrariedade ou duvidasse das minhas capacidades a cada tropeção. mas cá as vou subindo, uma a uma, resignado, à espera que, a qualquer momento, me possam aparecer outras mais aliciantes...

1 comentário:

estradadeprata disse...

Ao ler este texto, de repente senti-me muito próxima se si.