domingo, fevereiro 08, 2009

adenda ao post anterior

não referi, nunca, no post anterior, que o sp. braga não mereceu ganhar hoje ao sporting. desculpem-me todos os bracarenses pela omissão. aliás, as exibições que vi, ultimamente, do sp. braga, com os três "grandes", deixaram-me a pensar que, tal como está este campeonato, a equipa de jorge jesus merecia estar a disputar o título. digo mais: gostei mais de ver o sp. braga nestes três jogos, como gostei de ver na taça uefa, nomeadamente em milão, onde perdeu de forma injusta e inglória, do que gostei de ver o sporting em algum jogo desta época. por isso, sr. jorge jesus, faça lá o favor de arrumar a playstation e ponha a equipa a jogar sempre assim, como fez contra os "grandes", que o seu sp. braga ainda poderá ter uma palavra a dizer quanto ao título.
aqui fica a "rectificação". o sp. braga mereceu vencer, porque jogou melhor e foi muito mais esclarecido do que o sporting (que perdeu sete pontos (SETE) nos últimos nove pontos possíveis). o post anterior foi mais uma reflexão sobre outros pormenores, alheios ao jogo dentro das quatro linhas.

7 comentários:

Ricardo disse...

adenda ao comentário anterior:

só agora, no resumo, vi o lance do penalty não assinalado a favor do Sporting; pensei que te referias a outro, ainda com 0-1 (acho), do lado contrário, num encosto do João Pereira também ao Vukcevik. Mea culpa, duplamente, portanto - porque não tinha visto e porque... acho que foi penalty :-)

Mulher perfeita disse...

E eles insistem!!!!

isaac davis disse...

enquanto houver futebol... vão sempre existir diferentes análises ao mesmo lance. depende muito das lentes com que esse mesmo lance é visto, que normalmente tem três cores: azuis, verdes e vermelhas.

Mulher perfeita disse...

Podem sempre falar sobre gajas...sempre é mais divertido!

isaac davis disse...

hum... gajas... não sei, talvez fosse uma boa ideia. à semelhança do futebol, também neste "departamento" haveria "pano para mangas", porque não partilhamos, igualmente, os mesmos gostos. bastará, a título de exemplo, citar o nome de zooey deschanel, que não me suscita, de forma alguma, o mesmo entusiasmo que ao meu "interlocutor". já nomes como camilla belle, odette yustman ou giorgia palmas recebem muito mais consenso deste lado de cá.
e, já agora, quem é a mulher perfeita para a mulher perfeita? e não vale dizer "eu mesma".

Mulher perfeita disse...

Então não digo nada!

isaac davis disse...

eu tenho o número de telefone da maria josé morgado e da cândida almeida...