quarta-feira, setembro 20, 2006

michelle pfeiffer


















depois de uma longa ausência, ela está de volta! os seus últimos filmes tinham sido "what lies beneath" (2000), com harrison ford, "I am sam" (2001), com sean penn, e "white oleander" (2002). depois... eclipsou-se, com muita pena minha. já acompanho a sua carreira desde "scarface", com al pacino. depois vieram filmes como "a mulher falcão", fábula fantástica com rutger hauer e matthew broderick; "as bruxas de eastwick", com jack nicholson, cher e susan sarandon; "ligações perigosas", com john malkovich e glenn close; "tequilla sunrise", com mel gibson; essa obra prima chamada "os fabulosos irmãos baker", onde contracenava com o sempre magnífico jeff bridges; "love field"; "a casa da rússia", com sean connery; "a idade da inocência", outro grande filme, de martin scorsese, com daniel day lewis e winona ryder; "wolf", com jack nicholson; "dangerous minds"; "one fine day", com george clooney; e "story of us", com bruce willis. é claro que não ia aqui referir todos os filmes que ela fez, citei apenas alguns. ela é daquelas actrizes que "envelheceu" muito bem, tanto em termos de beleza como em termos de interpretação. no início era apenas mais uma ex-modelo loura, que tinha feito anúncios ao sabonete lux. entrou em episódios da "ilha da fantasia", em filmes como "charlie chan and the curse of the dragon queen" (só o nome diz tudo) e "grease 2" (já sem john travolta, que tinha entrado no primeiro) e em vários produtos de qualidade duvidosa, até chegar a oportunidade em "scarface". michelle pfeiffer foi brilhante em "ligações perigosas", que lhe valeu a primeira nomeação para os óscares. no ano seguinte (1989) voltou a ser nomeada, desta vez para melhor actriz principal, por "os fabulosos irmãos baker". a terceira e última nomeação foi em 1992, por "love field". foi injustiçada ao não ser nomeada por "a idade da inocência" e "a casa da rússia".
pois bem, no próximo ano vamos poder ver michelle pfeiffer em três filmes:
"stardust", de matthew vaughn, filme baseado no romance de neil gaiman, descrito como uma "fantasy and adventure love story", ao jeito de "princess bride". no elenco, a acompanhar pfeiffer, nomes de peso com robert de niro, sienna miller, claire danes e rupert everett.
"I could never be your woman", de amy heckerling, uma comédia romântica com paul rudd, jon lovitz e tracey ullman. neste filme pfeiffer apaixona-se por um homem bastante mais novo que ela (rudd), ao mesmo tempo que tem que lidar com a primeira paixão da sua filha adolescente.
"hairspray", de adam shankman, versão do clássico de 1988, que mais tarde resultaria numa bem sucedida peça da broadway. neste filme a actriz vai contracenar com john travolta, christopher walken e queen latifah.
há ainda alguns rumores sobre um filme, previsto para 2008, realizado pelo marido da actriz, o produtor televisivo david e. kelley, responsável por êxitos como "ally mc beal" e "causa justa". para já o nome avançado para esta produção é "chasing montana". mais tarde se confirmará a veracidade destes rumores.

3 comentários:

A. Duarte Lázaro disse...

é uma diva

tulipa_negra disse...

que bom saber que ela está de volta! gosto muito da Michelle!!!

marta r disse...

É um desperdicio uma actriz como ela não aparecer mais vezes.
Vai saber bem este reencontro...