sexta-feira, junho 19, 2009

"how i met your mother"


seinfeld. friends. arrested development. curb your enthusiasm. how i met your mother? será esta a minha próxima paixão galopante em termos televisivos? sinceramente, acho que sim. ontem vi dez episódios seguidos, não conseguia parar de ver. a forma como a série "agarra" o espectador é imediata, instantânea, mais rápida do que a própria sombra. a ideia, desde logo, é original: no ano 2030, a personagem principal da série, ted mosby (interpretado por josh radnor), revela aos seus dois filhos como conheceu a mãe deles, 25 anos anos. do seu grupo de amigos, em 2005, fazem parte o casal marshall e lily (jason segel e alyson hannigan), o hilariante e niilista barney (neil patrick harris) e aquela que eu passei a considerar como a actriz mais gira de sempre em sitcoms, a bela robin (interpretada por cobie smulders). a acção decorre em 2005, quando ted conhece robin e se apaixona, imediatamente, por ela (quem é que o pode censurar?). no entanto, a possível relação amorosa entre os dois é praticamente destruída à nascença, apesar da reciprocidade de sentimentos, porque ambos têm prioridades diferentes: ted, em virtude do recente noivado de marshall e lily, começa a equacionar a sua vida amorosa e chega à conclusão de que está igualmente na idade de assumir um compromisso; por sua vez, robin coloca a sua carreira profissional em primeiro plano, é repórter de um canal televisivo, e quer adiar ao máximo um compromisso com alguém que possa atrasá-la na perseguição dos seus sonhos. daí que cheguem rapidamente à conclusão de que só poderão ser amigos, embora durante a primeira série (a única que tenho, até ao momento) paire sempre no ar uma cumplicidade enorme entre os dois (uma variante de ross e rachel de "friends"). a grande fatia das gargalhadas fica a cargo de barney, que consegue reunir numa só personagem o sarcasmo e ironia de chandler bing, os estratagemas manhosos e interesseiros de george costanza, nomeadamente a nível da sedução do sexo oposto, mas bate ambos em termos de auto-estima (barney tem um ego enorme), nunca se deixando abater por nada, já que consegue encontrar sempre um aspecto positivo em tudo, mesmo nas situações mais embaraçosas.
nos estados unidos, foi para o ar, no passado mês de maio, o último episódio da quarta série. "how i met your mother" teve uma média de 9.72 milhões de espectadores na quarta temporada, tendo atingido o máximo de 11.85 milhões de espectadores num dos episódios, batendo o record de audiência da primeira série (que foi para o ar em fevereiro de 2006). em termos de prémios, a série venceu quatro emmy's (outstanding art direction for a multi-camera series, durante três anos seguidos, 2006/08, e outstanding cinematography for a multi-camera series, em 2006). neil patrick harris foi nomeado duas vezes para o emmy de melhor actor secundário em série cómica (2007 e 2008) e uma vez para o globo de ouro na mesma categoria (em 2009).
a quinta temporada de "how i met your mother" vai começar nos estados unidos a 21 de setembro deste ano. pelas audiência que ainda tem, a série é bem capaz de chegar às 10 temporadas de "friends". esperemos que sim...

4 comentários:

Hfbn disse...

Já vi mais que a primeira série. E concordo com a tua opinião. Quando se começa a ver é dificil de para. Prometo não dar nenhum spoiler deixo apenas a minha opinião que a ultima série é talvez a mais monotona (mas interessante) também devido ás actrizes principais terem ficado grávidas durante as filmagens, e terem de encobrir isso (Lilly até falhou alguns episódios, e criaram uma story board fraquinha pra isso). Fiquei com a sensação que a quinta série será a última, espero sinceramente estar enganado.

isaac davis disse...

sim, de facto, quando se começa a ver é complicado parar, queremos sempre mais e mais. estou ansioso pela saída da segunda série em dvd. acho que, agora que me viciaram completamente, vai ser difícil ficar muito tempo sem a companhia deste cinco amigos.
"suit up!". brilhante...

Hfbn disse...

Legen...(wait for it)...dary!!!

(Barney Stinson)

isaac davis disse...

o "legendary", o "mobile high 5", o "suit up", a "lemon law", o "lick the liberty bell". tudo hilariante, incluindo os "engates" no aeroporto ("let's pick someone up at the aeroport"). personagem impagável e absolutamente cativante. e eu a pensar que seria impossível algum dia vir a gostar tanto de uma personagem como gostei, e ainda gosto, do chandler bing, do "friends". mas também, sejamos sinceros, a acidez de alguns comentários, o sarcasmo, a forma como ele goza com os amigos, a ironia, são elementos muito próximos do chandler, mas lá está, barney tem uma auto-estima, confiança e um carácter emocional totalmente desprovido de sensibilidade e compaixão, que é totalmente diferente da personagem de "friends". seguramente, uma personagem muito bem escrita e trabalhada, com uma excelente interpretação de neil patrick harris, que na vida real até é... homossexual e está nesta altura a considerar adoptar uma criança com o seu namorado. portanto, não poderia ser mais diferente do que aquilo que representa na série.