sábado, junho 06, 2009

académico de viseu subiu de divisão


depois da "travessia no deserto", em que o clube mais representativo do distrito recomeçou do zero, o académico de viseu parece disposto a recuperar o seu lugar no futebol nacional, um lugar mais de acordo com os seus pergaminhos e historial. hoje, no estádio do fontelo, na última jornada da fase de subida da 3ª divisão nacional - série c, exigia-se uma vitória por dois golos de diferença frente ao anadia para o académico de viseu conseguir o objectivo principal no início da época: a subida à 2ª divisão nacional. a tarefa até nem se afigurava muito fácil, porque o anadia liderou sempre esta fase de subida e nos restantes nove jogos disputados apenas tinha sofrido dois golos. pois bem, hoje sofreu outros tantos e, não marcando nenhum, acabou por ficar em terceiro lugar na classificação final e, consequentemente, não subiu de divisão. coube ao tondela, outra equipa do distrito, acompanhar o académico de viseu na subida à 2ª divisão nacional. para tal, os tondelenses venceram por 4-2 o fiães, em casa, conseguindo acabar a fase de subida em primeiro lugar, com mais dois pontos que o académico de viseu. esta dupla subida de equipas do distrito de viseu acabou por compensar a descida, esta época, de outros dois emblemas da região: o penalva do castelo e o nelas, que desceram à 3ª divisão nacional.
o jogo de hoje à tarde proporcionou a maior enchente deste ano no estádio do fontelo, com milhares de viseenses a apoiar o académico neste jogo decisivo. o anadia, que apostou bastante na subida de divisão este ano, também conseguiu levar muita gente ao fontelo, num derradeiro apoio à equipa bairradina. a vitória por 2-0 foi o suficiente para o académico de viseu ultrapassar na tabela o anadia, embora tenham terminado com o mesmo número de pontos (40), dado que o resultado do jogo da primeira volta tinha sido de 1-0. desta forma, o académico venceu no confronto directo com o anadia, a primeira forma de desempate em caso de igualdade.
estão de parabéns os jogadores, a equipa técnica liderada por luís almeida e a direcção do clube, que tem realizado um trabalho notável na gerência dos destinos do clube, que ainda há poucos anos estava praticamente à beira da extinção. na próxima época, depois de devidamente reforçada a equipa, com uma espinha dorsal muito jovem, todos os sonhos serão permitidos. e sonhar não custa...

2 comentários:

Anónimo disse...

Peço-lhe desculpa e que rectifique pois mas não começou do zero. Recomeçou na I Divisão Distrital por "troca" com o Grupo Desportivo de Farminhão o clube da terra do Dr. Fernando Ruas.Deste modo não disputou a III e a II divisões.

PC

isaac davis disse...

caro pc:
é o chamado "desenrascanço". apesar de condenável em termos de verdade desportiva, prefiro que o clube tenha tomado esta medida em vez de perecer como campomaiorense ou salgueiros. se tal tivesse acontecido, estaríamos agora aqui, nós os dois, a recordar o saudoso académico de viseu, um clube que até chegou ao principal escalão do futebol nacional e por onde passaram grandes jogadores, como rodrigo, alhinho, leal, etc..