quarta-feira, abril 15, 2009

william hurt(s)


quando admiramos o trabalho de certos actores, nunca pensamos que eles sejam capazes de cometer actos deste género. sempre gostei de william hurt, ainda há bem pouco tempo comprei o filme "i love you to death" (1990), onde tem um desempenho hilariante, apreciando bastante o trabalho do actor em filmes como "body heat" (1981), "the big chill" (1983), "children of a lesser god" (1985), filme que marcou o seu encontro com marlee matlin, que viria a ganhar o óscar de melhor actriz, "the accidentel tourist" (1988), "alice" (1990), "smoke" (1995), "michael" (1996), "dark city" (1998), "syriana" (2005), "the good shepherd" (2006), "mr. brooks" (2007) e "into the wild" (2007). william hurt venceu o óscar de melhor actor em papel principal em 1985, pelo filme "kiss of the spider woman", e foi nomeado por três vezes: em 1986, pelo filme "children of a lesser god"; em 1988, pelo filme "broadcast news"; e, mais recentemente, em 2005, para "melhor actor secundário" no filme "a history of violence". no ano passado integrou o elenco de "the incredible hulk", um dos poucos "blockbusters" em que entrou em 32 anos de carreira, tendo mesmo recusado, em 1993, o papel que viria a ser interpretado por sam neil em "jurassic park". agora, depois disto, vai custar um pouco olhar para ele com os mesmos olhos de admiração. da fama já não se livra... é pena, porque uma pessoa olha para a cara dele e ela inspira-nos confiança e simpatia.

1 comentário:

na outra banda disse...

comentou hoje as notícias divulgadas assumindo o que fez e a pedir desculpas...enfim...