quinta-feira, abril 10, 2008

conan o'brien


já era tempo de eu fazer uma homenagem pública a uma das pessoas mais inteligentes e bem humoradas da televisão, que faz com que eu me deite sempre com um sorriso nos lábios aos dias de semana. não, não estou a falar de josé carlos malato, nem de david caruso, do csi, que eu tenho impressão que dá todas as santas noites, seja na sic ou no axn. ele chama-se conan o'brien e antes de ser o guru televisivo que é hoje deu nas vistas como argumentista de programas como "saturday night live" e dos "simpsons". em 1993 saltou definitivamente para a ribalta, com o início do programa "late night with conan o'brien", na nbc, substituindo david letterman, que se havia transferido para o canal cbs. em 2009, depois de 16 anos de "late night", conan o'brien substituirá jay leno no histórico programa "tonight show", o terceiro produto televisivo americano com maior duração (começou em 1954), depois da soap opera "guiding light" e do "hallmark hall of fame". steve allen apresentou o programa de 1954 a 1957, seguindo-se jack paar, entre 1957 e 1962, ano em que surgiu johnny carson como apresentador, onde ficou durante 30 anos, até 1992. jay leno foi o escolhido para substituir carson, apresentando o programa até ao próximo ano, altura em que dará lugar a conan o'brien. a escolha não poderia ser melhor, diga-se. o seu sentido de humor é absolutamente impagável, imprevisível e tudo menos subserviente ou conservador. ele conseguiu criar um estilo muito próprio na condução do seu talk show, sem prestar vassalagem aos convidados, fazendo-lhes as perguntas mais inconvenientes, sem preconceitos de qualquer espécie. é por isso que é tão gratificante assistir diariamente ao seu programa (que já acompanho há muitos anos) na sic radical, sempre antes de dormir. é o melhor medicamento possível.

3 comentários:

Anónimo disse...

medicamento... para?

isaac davis disse...

insónias? stress? nervos acumulados? acredito que se nos deitarmos bem dispostos, depois de rirmos um bom bocado, até dormimos melhor. é um bálsamo interior.

Jerri Dias disse...

não sei se já assisti o programa dele. Vou conferir no You Tube...
Mas normalmente não gosto de talk shows por serem muito óbvios, previsíveis e como vc falou, o apresentador fica sempre babando ovo sobre o convidado.