quarta-feira, novembro 22, 2006

penso, logo não resisto

o que é que as dietas têm em comum com o euro milhões? em ambos os casos, quando inicio uma dieta e quando acabo de jogar no euro milhões, mentalizo-me de que vou conseguir realmente alguma coisa. durante uns dias, faço um esforço e mantenho longe de mim as bebidas com gás, as batatas fritas, o álcool, os fritos, etc.. como apenas batatas cozidas, arroz seco, carne grelhada, peixe, legumes, fruta. na mesma medida, conforme se vai aproximando a hora da extracção do euro milhões, eu vivo na ilusão de que posso ser o vencedor. até saírem os número, ninguém nos diz que os nossos não são os correctos. (por falar nisso, temos que levar todas as sextas feiras, em que há jackpot no euro milhões, com aqueles directos insuportáveis, com os repórteres a perguntarem a toda a gente que encontram o que fariam com o dinheiro caso ganhassem?).
no final, o grau de resignação acaba por ser o mesmo. sai o número 8 (eu tenho o 4), lá vai um jantar com batatas fritas, ovo estrelado e salsichas; sai o número 14 (eu tenho o 18), bebo coca-cola como se não houvesse amanhã; sai o 25 (eu tenho o 23), manda-se vir umas pizzas; sai o 34 (tenho o 39), "porque não irmos lanchar ao mac donald's?"; sai o 45 (tenho o 42), "tenho a impressão que estas calças já não me servem...".
em pouco tempo, voltamos ao normal.
euro milhões? "eu nunca tive sorte nenhuma ao jogo. aliás, deviam dar-me um prémio por colocar sempre números que nunca saem". não raras vezes, lá vem o cliché da praxe: "azar ao jogo, sorte no amor" - se eu apanho o tipo que inventou esta parvoíce... em que raio se terá baseado? era feio como tudo mas ganhava sempre na sueca? namorava com a sophia loren mas perdia sempre nas corridas de cavalos?
dieta? "é melhor não contrariar o nosso próprio organismo". aqui também pode entrar outro cliché: "nunca ouviram dizer que gordura é formosura!?". e depois, também não quero colocar em risco os empregos dos funcionários da pizza hut, do mac donald's, das pizzarias em geral. que raio de ser humano seria eu afinal?
nunca tive força de vontade para seguir à risca uma dieta. acabo sempre por ceder perante algo que sei que me faz mal, ou engorda. na porcaria do euro milhões, digo sempre a mesma coisa todas as semanas: "nunca mais jogo, tou farto de perder dinheiro". mas na semana seguinte, perante a perspectiva de vencer uma batelada de dinheiro de uma vez só, sem trabalhar, não resisto e jogo outra vez.
explicações? não há. não adianta contrariar o nosso próprio organismo. eh, eh, eh...

3 comentários:

Tovarich Gina disse...

"azar ao jogo, sorte no amor"? ainda não vi nada disso... não acerto sequer num número e o amor... bem, foi aquilo que tu sabes... enfim...
qt à dieta... este artigo vem mm a propósito. já lá vão 2 semaninhas... acho que nem 50 gramas emagreci... mas pronto, eu persisto... Faz-me ainda lembrar a minha pequena passagem por Itália em que, como as mulheres não passam fome nunca, fiz dieta... muita dieta!... ai, ai...

Os meninos estão melhor?

isaac davis disse...

estão melhor, obrigado. nos comentários do post anterior já tinha agradecido as tuas palavras de preocupação. obrigado amiga angela. é bom saber que estás sempre presente nestas nuvens...

tulipa_negra disse...

tu nem me fales em dietas ou no euromilhões... é uma desgraça! andei eu meses e meses a ir ao ginásio 5 dias por semana, sentia-me tão bem... depois, zás, hospital, repouso absoluto, uma semana em casa... resultado estou pior do que quando comecei... e agora como é que eu volto ao sítio???? snif snif tanto esforço...
como te compreendo amigo
beijocas