quarta-feira, maio 10, 2006

reflexões de um desajeitado

naõ acho que tenha muito jeito para a sedução... sobretudo se envolver estar frente a frente com uma mulher. acho que tenho mais queda para a sedução à distância. dessa forma, vou começar a corresponder-me com uma empregada de balcão de um centro comercial de Sidney, na Austrália.

o problema é que as frases certas nunca saem no momento, só nos vêm à cabeça horas depois, quando estamos a recordar, frase a frase, aquele encontro na esplanada com a tipa com quem desejávamos sair há meses. nesse sentido, vou começar a gravar todo e qualquer encontro que tenha com uma mulher, para depois ouvir, analisar, alterar as deixas, memorizar tudo, para utilizar num futuro encontro. ah, e tentar levar a conversa precisamente para os mesmos tópicos. não falha, de certeza...

e a roupa? que usar meu deus?! aquelas calças que ficam mesmo bem ainda estão a secar, a t'shirt preferida está suja, de tanto andar com ela, as meias estão sempre a deslizar perna abaixo, os sapatos estão velhos, o casaco precisa de ir à lavandaria... para quando encontros em pijama?!? ficaria tudo muito mais nivelado, embora que por baixo.

4 comentários:

Anónimo disse...

Não sabias que um olhar vale mais do que mil palavras????

Lu@ disse...

Acho que a ideia de te corresponderes com a moçita de Sydney não está mal lançada :)lol

Gatas disse...

Meu caro

Vou atrever-me a dar-lho um conselho, não se preocupe com o ser desajeitado, mas sim com o facto de ser pessimista!

Cumprimentos da gata assanhada

Grrrrrr

Shinda disse...

Nunca gostei dessa do " um olhar vale mais do que mil palavras" .
Se há coisa que eu aprendi é que há grandes actores nesta "pseudo-vida", logo até os olhares são fáceis de fingir. Logo nada vale pelo que vale.

Mas sim pelo que revela...