sábado, fevereiro 28, 2009

vetado

é oficial, vou começar a vetar os filmes do will ferrell. depois de tantas desilusões (exceptuando "stranger than fiction", "anchorman: the legend of ron burgundy" e "melinda e melinda"), nomeadamente nas suas últimas comédias ("bewitched", "talladega nights: the ballad of ricky bobby", "blades of glory", "semi-pro" e, mais recentemente, "step brothers", que vi ontem à noite), resolvi que nunca mais vou ver um filme em que o actor entre. "step brothers" tem um ou dois momentos aceitáveis, mas, na generalidade, o filme é completamente, como dizer... estúpido. chega a ser irritante a quantidade de cenas completamente desnecessárias e fúteis, tanto para a história como para "vestir" as personagens, que estão espalhadas pelo filme. juro que me apeteceu, e eu raramente faço isto, parar de ver o filme umas cinco ou seis vezes. mas, estoicamente, lá consegui ver o filme todo, a muito custo, desejando que ele acabasse o mais rapidamente possível. custa ver um actor como john c. reilly, que em tempos viu o seu estatuto subir em flecha com filmes como "magnolia", "chicago", "the perfect storm", "gangs of new york", "the hours" e "the aviator", reduzir-se desta forma em papéis verdadeiramente imbecis e cabotinos.
depois de "the love guru", com mike myers, este "step brothers" é, para já, o segundo pior filme que vi este ano. relembrando uma música dos proclaimers dos anos 80: "will ferrell no more, mike myers no more"... e por aí adiante, talvez até, digamos, faith no more, que se vão reunir, finalmente, para uma digressão em 2009. cá os esperamos em portugal.

2 comentários:

Alexandre disse...

will ferrell é génio!

isaac davis disse...

sim, eu sei que o will ferrell tem uma legião de admiradores. gostei até muito dele no "stranger than fiction", acho que ele é melhor como actor dramático (devo ser o único), mas embirro com o tipo e com os filmes "cómicos" que ele protagoniza.