sexta-feira, maio 16, 2008

an all over night - velveteen



neste momento, a música é um enorme rochedo a que me agarro cada vez com mais força para não ser levado pelas ondas da depressão. o céu tem estado sempre carregado de nuvens, cada vez mais escuras e ameaçadoras; do sol nem um pequeno vislumbre. apenas a minha revolta tem servido de escudo às investidas das marés, impelindo-me ao mesmo tempo para uma batalha que eu sei que não consigo vencer. a única forma de eu a dominar e controlar é ouvindo música, para apaziguar uma emergente sede de confronto. as músicas que tenho colocado, cada uma delas à sua maneira, têm servido de "medicação", tomada umas dez vezes por hora, para tentar debelar este meu estado de espírito. enquanto as ouço, viajo para um mundo virtual e hedonista, onde tudo é esquecido. nem que seja por cinco minutos...

2 comentários:

un tocco di zenzero disse...

Meu amigo si precisas de sol, sabes onde podes vir...A minha casa é grande.
...Eu preciso da tua musica.

isaac davis disse...

alessandra, um dia destes aceito mesmo o teu convite, sempre quis conhecer a itália. prometo que levo muitas músicas comigo. agora que penso nisso, esta semana até dava jeito, porque estou de férias... quem sabe se não encontraria por aí um jornal para paginar?