sábado, março 22, 2008

nunca mais bebo carlsberg...

sabendo perfeitamente da notória falta de jeito dos seus jogadores para marcar grandes penalidades, os sportinguistas não podem deixar de ficar intrigados com o facto de paulo bento não ter apostado tudo durante os 90 minutos, nem sequer tendo efectuado as três substituições!... na primeira parte, com o forte vento a favor, contei dois remates à baliza (muito, muito pouco). na segunda parte, o jogo acelerou um pouco com a entrada de pereirinha, mas miguel veloso saiu tarde demais do jogo, devia ter saído ao intervalo, tendo em conta a sua fraca exibição. se sabia, como nós sabemos, que o sporting, este ano, em 8 penaltys marcou apenas 3, paulo bento deveria ter tirado miguel veloso e metido tiuí ou yannick, apostando tudo, não deixando que a atribuição do troféu fosse decidida por grandes penalidades. assim, tirou apenas 2 jogadores (abel e veloso) para meter outros 2 precisamente para as mesmas posições (pereirinha e adrien). é precisamente em situações destas que se vê o real valor de um treinador. e, mais uma vez, tal como em roma, em manchester, em braga, no porto (contra o boavista) e em setúbal (liga e taça da liga), paulo bento falhou. neste jogo nem sequer se pode queixar da falta de sorte, da arbitragem ou do vento. falhou porque não soube mexer na equipa, simplesmente. e um treinador que não sabe fazer isso, por muito bom que seja a incentivar os jogadores ou em termos de planificação e metodologia de treinos, nunca poderá aspirar a altos voos. paulo bento safava-se bem como treinador do gil vicente ou do olivais e moscavide, onde podia meter "ruis patrícios" à vontade que ninguém se chateava. mais: nesta época, em quatro jogos, nunca venceu o vitória de setúbal, não tendo sequer marcado algum golo nos últimos três. ou carlos carvalhal é um génio da bola (o que não é decididamente o caso), ou então a táctica de paulo bento é tão previsível (e é, na verdade) que é extremamente fácil anular toda a movimentação ofensiva leonina. o vitória de setúbal jogou exactamente da mesma forma nos últimos três jogos contra o sporting e teve bons resultados; paulo bento apresentou sempre o mesmo sistema táctico (ainda hoje o fez), apesar de ter tido sempre maus resultados. teimosia? burrice? obstinação? pior: a cereja no topo do bolo foram as suas afirmações à imprensa no final do jogo, mostrando-se satisfeito por a equipa ter conseguido anular as transições ofensivas do vitória... ó meu grande nabo, e as tuas transições ofensivas??? não te preocupas com elas?? o objectivo era ganhar, entendes? ganhar o raio do jogo. e para isso era preciso o quê?? ATACAR! não anular o raio das transições ofensivas do vitória. até parece que o vitória de setúbal é o manchester united ou o real madrid. paulo bento coloca-se sempre num papel de inferioridade e subserviência perante as outras equipas, tornando-se difícil alguém respeitar este sporting, que não assume o jogo, que não é arrogante e altivo como o fc porto, que não tem ninguém no terreno, nem no banco, para incutir alguma autoridade, algum alento adicional aos jogadores (não vi paulo bento dar nenhuma indicação para o terreno de jogo durante os 90m), e dar-lhes a entender que o sporting tem tradição, pergaminhos, estatuto e honra, um clube por onde, nos últimos 20 anos, passaram grandes jogadores, como paulo futre, figo, balakov, valckx, douglas, luisinho, schmeichel, andré cruz, joão pinto, sá pinto, oceano, carlos xavier, quaresma, cristiano ronaldo, silas, naybet, marco aurélio, fernando gomes, jardel, acosta... o actual sporting, à mínima contrariedade, vai-se imediatamente abaixo, psicológica e fisicamente. começa a tornar-se urgente alguém tomar medidas concretas para salvar este clube, que não pode viver eternamente de jovens promessas, porque as que realmente são valores seguros são imediatamente... vendidas, voltando tudo à estaca zero novamente. no ano passado saíram 4 jogadores titulares (ricardo, caneira, tello e nani), mais alecsandro, carlos martins e bueno. os que chegaram são melhores do que estes? purovic, tiuí, celsinho, grimi (que hoje vi chutar umas 20 bolas para o meio campo contrário, sem nexo nenhum, muito ao estilo do futebol distrital), izmailov, rui patrício, gladstone? saíram jogadores maduros e experientes e entraram jogadores inexperientes e inadaptados ao futebol português. quando estiverem adaptados, como vukcevic parece estar, são... vendidos! e assim vai o futebol do sporting, penosa e dolorosamente, de desilusão em desilusão, pela classificação abaixo. aliás, depois deste jogo de hoje, e considerando os outros 3 jogos, acho que o sporting não merece ficar à frente do vitória de setúbal na classificação final. nem do vitória de guimarães. fomos completamente ultrapassados por duas equipas com orçamentos muito mais baixos, mas que exibem futebol vistoso, de ataque, que têm fio de jogo e, acima de tudo, têm treinadores no banco que sabem o que fazer quando precisam de alterar o rumo dos acontecimentos dentro das quatro linhas. nós, infelizmente, não temos.

3 comentários:

Hugo disse...

Colocar o Polga a marcar penalties é como declarar que não se quer ganhar o jogo.

jack baker disse...

concordo totalmente contigo, amigo hugo. e nem sei como é que o romagnoli marcou...

tulipa_negra disse...

eheheheheh
até te dizia para mudares de clube, mas fã que é fã ;-) sofre até ao fim!

better days will come!
bjs