terça-feira, setembro 04, 2007

danças comigo?

não sou um grande admirador da dança. confesso que só assistia ao "dança comigo" por causa da catarina furtado, o mesmo acontecendo com programas como "operação triunfo" ou "chuva de estrelas". eu sei que não deveria estar a dizer isto, sob pena de vir a perder os dois leitores que este blog tem, dado que a catarina furtado não é das pessoas mais apreciadas neste país, curiosamente tanto por homens como por mulheres, mas é a mais pura verdade. por isso nunca liguei patavina a programas como o "ídolos", "cantigas da rua", etc., essas estopadas todas. por norma, não gosto deste tipo de programas, de procura de novos talentos, seja a cantar, seja a dançar, seja a fazer o triplo salto mortal enquanto preenche a declaração do irs. o caso do "dança comigo" é diferente, porque são figuras públicas que vão evidenciar o seu talento, ou a falta dele, para dançar. o programa está no ar em vários países (itália, inglaterra, estados unidos, etc.) e tem contagiado os espectadores. em portugal, acabou recentemente a terceira edição, com a vitória da irritante luciana abreu, depois das primeiras duas edições terem sido ganhas por daniela ruah e sónia araújo. debrucemo-nos então sobre este último nome. a sónia araújo é um caso quase inédito na nossa televisão de popularidade crescente. ou seja, em vez de enjoar e de se tornar uma presença gasta e enfadonha, como quase todos os outros apresentadores com tantos anos de carreira, a sónia reinventou-se e aproveitou, e de que maneira, o "balanço" do "dança comigo" para se elevar a outros desígnios e evidenciar a sua multiplicidade de virtudes. virtudes essas que a poderão catapultar, inclusivamente, a uma carreira de actriz (fala-se na sua participação no remake da novela "vila faia"). como apresentadora da "praça da alegria" a sónia araújo já percorreu todas as etapas. exige-se, naturalmente, um novo desafio e ela já provou que estará à altura dele, seja ele qual for. fiquei ainda mais convencido disto quando a vi dançar, no último sábado, em representação de portugal, no "european dance contest". tanta graciosidade, entrega, emoção, empenho e intensidade. os dois números de dança foram sublimes, sem falhas, denotando uma cumplicidade total com o seu par, que ficou bem evidenciada no tango, interpretado de uma forma intensa e apaixonada. por mim, ficava a vê-la dançar horas e horas (e volto a dizer que não sou grande apreciador de dança), porque é enorme a sua entrega e dedicação, é contagiante a sua paixão pela dança. senti-me orgulhoso, de certa forma, por estar a ser representado pela sónia araújo. em termos de beleza, capacidade e virtuosismo, não ficou atrás de nenhuma outra dançarina (a representante da polónia também era deslumbrante, mas curiosamente era muito parecida com... a sónia araújo!). por isso, durante a pontuação, não pude evitar um ou outro pulo no sofá quando o par nacional recebia pontos. parece que, por momentos, regressei à minha adolescência, quando torcia por portugal nos festivais da eurovisão. ficamos em quinto lugar, entre 16 concorrentes. foi bom, mas merecíamos mais...

1 comentário:

Pedro disse...

Assino tudo por baixo,inclusive a emoção sentida a cada ponto recebido.Realmente fez lembrar os tempos que vía o Eurofestival da canção e cada ponto era uma alegria,de tão poucos que eram.Mas a Sónia é o nosso orgulho,melhor representação não podiamos ter,perfeita,linda,maravilhosa !!!5º lugar no geral,1º par com 1 elemento não profissioanl de danças de salão- caso os outros países "jogassem" de maneira igual e a esta hora estávamos a comemorar o 1º lugar no geral

Obrigado pelo excelente artigo e quem perdeu(não há desculpa..) as danças da Sónia pode ver isso e muito mais no site oficial de fãs,e deixarem as vossas mensagens

www.soniaaraujo-fas.com