quarta-feira, julho 25, 2007

de malato a infante

de repente, aos 34 anos, decidi fazer alguma coisa por mim. cheguei à conclusão que, as pessoas da minha idade ou a entrar nos "trintas", têm sempre que optar, entre muitas outras coisas, entre trabalhar no duro para enriquecer, ou trabalhar no duro para se manter fisicamente saudável e combater a tendência natural para engordar. pensei bem e considerei que não estava a fazer nem uma nem outra. até acho que me dedico bastante ao trabalho que faço, porque gosto bastante da minha profissão, mas não estou a enriquecer, de forma alguma, com ela. longe disso. a outra opção, a mais desportiva, também não estaria a ser levada a cabo de uma forma visível. é certo que jogava futebol de salão uma vez por semana, mas não chegava. então decidi que tinha que fazer mais, lutar por mim, não desistir de mim (assim ao estilo do richard gere no filme "oficial e cavalheiro"). deixei o jogo semanal de futebol, que só me dava chatices, porque sou bastante competitivo, segundo a minha mulher, e detesto perder, e virei-me para o atletismo. como tenho a sorte de morar perto do parque do fontelo, em viseu, com condições fabulosas para a prática do atletismo, comecei a ir correr, dia sim dia não, cerca de uma hora e meia, respirando aquele ar puro e purificando os pulmões. tenho cumprido religiosamente esta "receita" e os resultados começam a aparecer. já perdi uns quilitos, sinto-me muito mais saudável, com outra energia e confiança (bem, isto agora já parece um anúncio a um iogurte daqueles linha zero e tal). não tarda nada estão aí as férias e eu quero estar, no mínimo, apresentável. estou farto que me confundam com o josé carlos malato e me venham pedir autógrafos (até já deixei de usar pêra e tudo). o meu objectivo, para já, é que me confundam com um rodrigo guedes de carvalho, um virgílio castelo ou um ricardo carriço. para o ano, com muito mais idas ao fontelo, vou arriscar um jorge corrula ou um diogo infante. daqui a dois anos, ui, o céu é o limite.
agora falta-me apenas aliar a este esforço físico um esforço... à mesa... e isso vai ser muito mais difícil...

2 comentários:

Anónimo disse...

cuidado, que citaste 3 gays, pá.
ou isto é uma confissão tua?
ahahah...
tou a brincar...

isaac davis disse...

bem, de facto é verdade, também só reparei agora. e se juntarmos a isso o facto de os meus cantores preferidos serem o antony (antony and the johnsons), o rufus wainwright e o mark eitzel... ó diabo! querem ver? será que as dezenas de fotos da monica bellucci, da charlize theron, da catherine zeta jones, da giorgia palmas, da elizabeth hurley, serviram apenas para encobrir esta realidade? bem, o melhor é mesmo marcar uma consulta no psicólogo. só não sei que camisa é que hei-de levar, que fique bem com as minhas calças dolce e gabanna e os meus sapatos gucci...