quinta-feira, setembro 07, 2006

gnarls barkley


confesso que demorei um bocadinho a chegar até este disco, que foi lançado em abril deste ano. só agora me debrucei devidamente sobre "st. elsewhere" e muito por causa do single "crazy", que é daquelas músicas que se ama logo à primeira, é viciante. a voz é inebriante e irresistível, a batida é contagiante. fez história no panorama musical britânico, ao tornar-se a primeira música a chegar ao primeiro lugar do top inglês tendo como base apenas os downloads feitos na internet. 31.000 pessoas fizeram o download da música antes do seu lançamento "físico" como single. o album "st. elsewhere" foi lançado pouco tempo depois e rapidamente chegou também ao primeiro lugar.
o projecto gnarls barkley resulta da colaboração entre o reputado produtor danger mouse (que produziu o segundo album dos gorillaz) e o cantor cee-lo green, o tal que tem aquele vozeirão, que mais parece saída de um qualquer projecto musical dos anos 60 ou 70. o disco consegue fundir e conciliar inúmeras referências, gospel, blues, soul, funk e hip hop, encontrando inspiração e influência na profundidade de sentimento de marvin gaye, na emoção teatral de jeff buckley e no atrevimento e arrojo de prince em início de carreira (por alturas do purple rain). este disco já foi referenciado pela crítica especializada como "um dos melhores discos de soul de sempre" e "a psychedelic soul masterpiece".
caso decidam dar uma oportunidade a este disco, recomendo que ouçam "crazy" umas 5 vezes seguidas, para entrarem devidamente no mundo "gnarls barkley". foi o que aconteceu comigo e deu resultado.

2 comentários:

Ricardo disse...

Absolutamente de acordo. Apesar de:

1978 For You
1979 Prince
1980 Dirty Mind
1981 Controversy
1983 1999
1984 Purple Rain

pisconight disse...

É mesmo viciante...
;)