quinta-feira, setembro 14, 2006

diana krall


aqui fica uma sugestão para todos os pais que tenham dificuldade em adormecer os seus filhotes. a receita resultou comigo, como também já resultava com outras bandas e artistas. mas com diana krall é mesmo infalível. há anos que gosto dela, desde que comprei um disco dela, de tributo a nat king cole, que continha essa pérola chamada "boulevard of broken dreams" e ainda "a blossom fell" e "I'm through with love". mais tarde comprei "when i look in your eyes", que deve ser dos cd's mais "gastos" que tenho lá em casa, tantas foram as vezes que o ouvi. "let's face the music and dance", "under my skin", "when i look in your eyes" e essa fabulosa música que se chama "why should I care", são os pontos altos de um album fascinante e viciante. outro trabalho merecedor de todos os elogios é "the girl in the other room", que apenas "descobri" recentemente. acaba por ser mais homogéneo em termos de estrutura musical, mais suave, mais introspectivo e emocional. mas voltando ao assunto que me levou a escrever este post, a minha sugestão, para quem estiver interessado, claro, passa por um "best of" de diana krall. a minha filha já não consegue passar sem a voz e o piano da cantora, e quem sou eu para a censurar... tem adormecido ultimamente ao som deste alinhamento:
1. departure bay - do album "the girl in the other room"
2. almost blue - do album "the girl in the other room"
3. when i look in your eyes - do album "when i look in your eyes"
4. the look of love - do album "the look of love"
5. boulevard of broken dreams - do album "all for you"
6. abandoned masquerade - do album "the girl in the other room"
7. why should i care - do album "when i look in your eyes"
8. and i love him - do album "i am sam - soundtrack"
9. let's face the music and dance - do album "when i look in your eyes"
10. narrow daylight - do album "the girl in the other room"
11. a blossom fell - do album "all for you"

1 comentário:

Prof.ª A. Duarte Lázaro disse...

uma boa escolha para a adormeceres.
a senhora tem uma voz fantástica e o jazz é sempre um estilo musical fabuloso. Também gosto do primeiro disco da norah jones (o segundo tem muito country para o meu gosto...).